28 julho 2009

Depoimento de Júnior Monteiro

Bom dia. Em primeiro lugar gostaria de parabenizar pelo site e dizer que sou de Brasília, tenho 33 anos.
Segundo gostaria de dar meu depoimento sobre o diagnóstico de ceratocone.
Bem, no início desse ano tive o diagnóstico de ceratocone dado pela equipe de médicos do HOB Brasília. Fui aconselhado a fazer o Cross Link e, após algumas consultas a outros médicos e muitas dúvidas realizei a cirurgia no dia 19/06/09.
Aqui só o HOB e o CBV fazem o Cross Link, não aceitando convênio e com média de R$ 3.000,00 por olho.
Digo-lhes que a recuperação é um pouco demorada. Meu olho direito já tinha sofrido uma cirurgia há 11 anos (cirurgia corretiva), no mesmo hospital.
Estranho que os médicos não souberam me explicar os motivo ou causa do aparecimento do ceratocone. Voltando à recuperação, na primeira semana após a cirurgia, o médico retirou a lente protetora do meu olho. Depois de um dia o olho infeccionou, tive que usar alguns colírios a base de cortisona, que ao longo dos dias inflamaram cada vez mais minha córnea. Meu disco, abertura da primeira cirurgia demorou a fixar, em resumo até a presente data estou usando lente protetora e pingando colírios mais fracos.
Acredito que exista uma dúvida sobre a qualidade da minha visão, certo? Bom está pior do que era antes da cirurgia e meu médico disse que eu teria que ter mais paciência pois o recuperação demora até 3 meses e só, assim, voltar ao que era antes.
Esse relato não é para desencorajar os que tem que fazer o procedimento mas sim encorajá-los e prepará-los pois, a estrada é longa.
Gostaria de acrecentar que ate hoje sigo com a lente protatora. Dia 19/07 fez um mes que fiz o Cross Link. Tenho acompanhado seu blog e desejo a todos toda a sorte do mundo.
.
Júnior, acho que é importante termos depoimentos variados, de tipos de recuperação diferentes.
Apesar de ser um procedimento relativamente simples, é um procedimento com todas as alegrias e desafios que possa proporcionar.
Boa sorte na tua recuperação

3 comentários:

Lilia disse...

Boa noite, Junior,
tenho percebido que TUDO é estranho nesse mundo da medicina, por isso os medicos não souberam dizer o porque do seu ceratocone. Eu ja fiz um transplante que não deu certo e estou prestes a refaze-lo, alem do outro olho, claro.
Eu tenho alguma coisa que ninguem diagnosticou, apenas me foi dito que, pelos sintomas, a solução é o transplante. (Mas não é, senão teria funcionado :))
Minha visão tambem é bem pior agora, mas vou confiando que a medicina evolui rápido, e que algum dia encontro uma solução, ou ao menos um diagnóstico.
A estrada é BEM longa, e cheia de obstáculos. Mas nada que não possamos superar, tenho certeza.
Escrevo isso hoje porque ja fui a um novo medico, e mais uma vez ouvi um "não sei o que voce tem". Mas eu sou teimosa. Mes que vem vou a outro.
Boa sorte na sua recuperação, espero que tudo dê certo! Um abraço. :)

Dri Viaro disse...

Oi, vim conhecer seu blog, e desejar boa semana
bjsss

aguardo sua visita :)

Teti Pons disse...

oi Alice..
muito lindo seu poema.
Descobri a um mes que tenho cornea gutata e distrofia de fuchs. Minha paquimetria está em 645 o olho direito e 634 o olho esquerdo. Tenho ótima visão .. agora, as vezes fica um pouco embaçada. Procuro me informar sobre a doença, mas não há muita informação disponivel. De qualquer forma, este teu espaço é dos poucos lugares onde existe um pouco de esclarescimento. Parabéns pelo trabalho!
Abraço!