26 janeiro 2009

Ultrapassando fronteiras

Conheço poucas pessoas com Distrofia de Fuchs aqui no Brasil. Agora que comecei a participar de grupos americanos, descobri que muitos dos sintomas que tenho e que para muitos era maluquice, são reais.
Fica difícil convencer alguém que se tem uma doença grave nos olhos quando os olhos vivem te pregando peça.
Assim como posso ver um objeto no chão, horas depois já não o enxergo mais. Às vezes preciso de muita luz para enxergar um texto, noutras, preciso da penumbra e em outras não leio nem com luz nem com penumbra.
Hoje mesmo a visão do olho direito, que não foi ainda transplantado, está embaçada. Talvez porque venha forçando muito.
Com os dois olhos, vejo tudo desfocado já que a visão de um influencia no outro.
O olho transplantado está ótimo. Moro na frente de um hotel que tem seu nome em letras garrafais. Logo que fiz o transplante, eu não via nem a placa. Hoje fiz o teste e, com o óculos antigo, já percebo que tem letras.
Aqui, já enxergo manchas pretas na tela branca onde digito o post. Entretanto, prefiro brincar de pirata e escrever com um olho só.


Quanto aos grupos americanos está sendo uma guerra constante. Não sei Inglês. Às vezes até consigo entender o sentido do texto, mas escrever? Negação total.
O jeito é copiar o que me enviam e colar num tradutor. O que não é lá uma tarefa fácil já que tenho que traduzir o que o tradutor traduziu.
Mas sigo em frente, pois fronteiras estão aí para serem ultrapassadas!

10 comentários:

Livia Queiroz disse...

"Mas sigo em frente, pois fronteiras estão aí para serem ultrapassadas!"

Preciso dizer mais alguma coisa??

Só lhe parabenizar pela força e vontade de lutar! E é isso aí, bola pra frente...
Não pode esquecer que existe um Deus maravilhoso que nos guia e nos mantém sob todo Seu amor e misericódia!!!
Problemas de saúde muitas vezes não são mesmo fáceis, eu sei bem pq tenho um problema sério tbm(não tem a ver com visão), e qnto as pessoas acharem maluquice... bem, n liga pra isso! O importante é vc continuar firme e forte na sua luta...

P.S.: Muitissimo obrigada opelo comentário que vc fez lá no meu post. Bjaum

Anapolis Online disse...

vejo que voce e uma mulher batalhadora e que bate de frente com a doenca parabens!
desejo melhoras pra voce
parabens
pelo blog
melhoras

Miriã Soares disse...

sabe que te admiro? mesmo sofrendo, vc prossegue, hoje quase não vejo isso nas pessoas, tenho acompanhado sua luta,parabéns!

Gabriel Henrique disse...

Sério, é díficil encontrar pessoas como você...
Parabéns pelo esforço, luta e garra...
Você vai conseguir, se deus quiser...
Abraços...

Gαвяιєℓ fєяяєιяα disse...

Nossa, ki legal esdte blog, uma pessoa ajudando a divulgar um trabalho lindo, Parabéns pela iniciativa.

Obrigado pela visita no meu blog.

Volte sempre.

Nathy Pöpper disse...

parabéns pela iniciativa e gostei do seu layout

Erica disse...

Poxa, que show
adorei!

Ana Lucia Nicolau disse...

Você é uma guerreira vencedora maravilhosa...
um exemplo a ser seguido...parabéns!

Tati disse...

Oi,sofro cm o mesmo problema,tenho apenas 20 anos e desde os 15 tenho esse problema.Nao tenho condicoes de pagar pelo transplante e muito caro e pelo sus nao querem fazer,pois tenho que ficar cega,pra dai fazer o transplante.

Alice Daniel disse...

Tati, não deixaste email para te responder... tomara que voltes aqui e leia minha resposta. Não sei onde moras, mas devias fazer uma avaliação no BOS. Lá também é pelo SUS. Se puderes me manda um email privado.