10 novembro 2008

Doação

Poesia feita por mim, Alice Daniel, para meus doadores.

(Se estiver trancando, deixem o vídeo rolar até o final e cliquem novamente para rodar)

12 comentários:

Dudu disse...

Muito bem escrito...

Karla Hack disse...

T udo muito bonito aqui no seu espaço...

Adore o vídeo... a poesia é puro lirimo emocional!

Encantada!

;D

bjus

30 e poucos anos. disse...

Muito lindo mesmo

Florzinha e Lindinha disse...

Lindo demais! Parabéns pelo blog :)

bjus!

Sintia Lira disse...

Você enxerga tão mais longe que eu, que me faltam palavras pra falar daquilo que não consigo ver com a minha simploria visão!!


Parabéns, parabéns, parabéns!!
Beijão!!

Hugo Ceregato disse...

Que muito bacana a sua poesia. E muito bacana a atitude. Pretendo doar os meus tb.

Linha de Consciencia disse...

Primeiro blog que eu digo o que vou dizer. Maravilhoso!

Conto atômico & cômico disse...

atitude!

grupo gauche disse...

É a primeira vez que entro aqui, e acho muito bonito sua iniciativa de abordar uma causa como essa. É uma maneira não só de incentivo e sim de conscientizar as pessoas de como elas podem ajudar o próximo e vc faz isso de maneira brilhante,meus parabéns!

LaiSilva disse...

Que linda a poesia... Amei.Passarei mais vezes ;)

TheoMoura disse...

Muito Bem !

Eduardo Miguel disse...

- É claro que a vida nem sempre nos brinda com facilidades e quando isso acontece é um choque e quase que imediatamente uma pergunta surge... por que eu!
- Passados os primeiros e inevitáveis problemas e seus impactos percebemos que o rio corre corre para o mar, talvez aí percebamos algumas possibilidades não mais quanto ao caminho mas nas oportunidades de reparar mais no rio e seu papel no trajeto, ideologia pouco prática!!! é quem sabe talvez mas o mais louco na vida pode ser o perceber quantas vidas podem existir dentro de uma mesma vida com novos desafios mas também de oportunidades.
- É sempre arriscado e até serto ponto irresponsável com informações limitadas e de fora colocar a mostra opnião, fazer juízo de valor ou pior se intrometer mas aqui objetivamente discuto a possibilidade de mudar o prisma da questão sem a perda do eixo que move a vida esperança e sonhos que começam na atitude e gestos de boa vontade, gestos que as vêzes podem partir de nós para com nós mesmos, tomara que eu tenha conseguido me expressar!
- Grande abraço e sucesso...