14 setembro 2008

Depoimento de Tayana Márcia

Há exatamente um ano, descobri que era portadora de ceratocone nos dois olhos, sendo que no olho direito já estava com aproximadamente 14 graus de astigmatismo e a córnea totalmente danificada.
Sou extremamente alérgica, portanto não posso usar as lentes rígidas. Fui então encaminhada para o transplante.
Dia 02/05/2008, realizei o Tx. Nesta data, eu já estava com cerca de 17/18 graus de astigmatismo.
No dia seguinte da cirurgia, pude abrir meus olhos e enxergar aquelas letrinhas pequenas no exame... e isso me mostrou que nada é impssível. Talvez eu tenha passado por isso para crescer, aprender, e, principalmnente, ver que somos capaz de superar nosso medos, sim. Basta acreditar que tudo vai dar certo, ter fé.
Hoje, um ano depois de descobrir o problema, já 4 meses e meio depois da cirurgia, ainda enfrento problemas sérios, a alergia me atarapalha muito, tive começo de rejeição, tenho que tomar corticóide (o que causa diversos problemas), fora a dolorosa retirada dos pontos que inflamam direto por causa da alergia... Porém, nada disso ofusca a felicidade de, mesmo ainda com cerca de 4 graus, poder enxergar, poder ler um pouco mais, poder ter a vida um pouco normal.
Ainda falta um transplante, que só poderá ser ralizado no meio do ano que vem devido ao grande risco de rejeição do olho já operado. Mas nada mais me assusta: se tiver que fazer mais 10 transplantes, os farei com muita coragem e muita convicção de que, no final, vai dar tudo certo.
Não se desesperar é o melhor caminho, e, principalmente, poder contar com a família e com os amigos.
Só tenho a agradecer às pessoas que fizeram parte dessa história de alguma forma, me deram força, cuidaram de mim e me aguentaram (na verdade ainda aguentam) quando algo dá errado e eu acabo me irritando com todo mundo.
No fundo, sou e serei eternamente grata pela força que recebi, principalmente dos meus pais e da minha irmã, que em momento nenhum me deixaram desanimar e desistir...
.

Tay, pessoas fortes, que encaram, mesmo com medo, os desafios, que acreditam que vai dar certo... pessoas assim, assim como tu, operam milagres em si e nos outros.
Parabéns pela força e pelas conquistas.

3 comentários:

Danielle disse...

Eu sou amiga dela, e sei a força que ela recebeu.
E a conragem que essa menina teve e tem até hj.

Não desista nunca, pois se ainda não desisti você com certeza consegue.


Danielle

Michell Niero disse...

Pude ler aqui grandes histórias de interesse humano. O ato de doar uma córnea, de propiciar um semelhante voltar a enxergar, está entreos mais belos atos. Que fique registroado por aqui cada vez mais testemunhos bem sucedidos.

Precisamos eliminar qualquer tipo de amarra idelógica, religiosa ou de puro preconceito para acordar para a importância da doação de órgãos.

Tayana disse...

Aqui estou eu,quase 2 anos depois, para registrar que meu primeiro transplante foi completamente bem sucedido,já tive alta e até o fim deste ano faço a correção a laser dos graus que ficaram! E o olho esquerdo está com 7 meses e meio de transplante,ainda com 12 pontos,mas também bem sucedido e o grau BEM mais baixo!Já não uso mais óculos! É isso, força, determinação e fé porque "no final tudo sempre dá certoooo!!!"..
Tayana