05 julho 2008

BANCO DE OLHOS DA SESAB TEM PROJETO PARA AMPLIAR O NÚMERO DE DOAÇÕES NA BAHIA

"Inaugurado em maio de 2006, o Banco de Olhos da Bahia já contabiliza um aumento significativo no número de doação de córneas: no ano passado foram registradas cerca de 200 doações, contra 100 doações no ano anterior (2006) e apenas 70 em 2005.
O aumento, entretanto, ainda é insuficiente para atender a demanda dos pacientes que precisam de um transplante de córnea, e chegam a esperar mais de um ano pela cirurgia. Para o oftalmologista Jorge Paulo Araújo Oliveira, coordenador técnico do Banco de Olhos da Bahia, com uma maior conscientização da população para a importância da doação e o apoio de todos os segmentos da sociedade, sobretudo da mídia, "a fila de espera para transplante de córnea poderá ser zerada em curto prazo de tempo".
Em todo o mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), existem cinco milhões de pessoas cegas por falta de um transplante de córnea.
No Brasil, calcula-se que são 25 mil pessoas e na Bahia, terceiro estado mais populoso do país, embora não existam estatísticas oficiais, estima-se que cerca de 700 pessoas aguardam um transplante para conseguir enxergar novamente. "Em nosso estado, a cultura de doação de órgãos é pouco difundida, o que gera imensa quantidade de negativas familiares dos potenciais doadores", aponta Jorge Paulo, acrescentando que o engajamento da sociedade em geral nas campanhas educativas também é muito pequeno na Bahia."
.
.
E por que não iniciar uma Campanha nas Universidades e Escolas? Partindo depois para a conscientização das famílias?
Assim como na Bahia, outros Estados precisam levar ao povo a importância da doação de tecidos e órgãos.
E nós, transplantados e/ou na lista de espera, somos os maiores interessados no aumento sistemático de doadores.
Está aí algo que merece ser estudado...

6 comentários:

Thamara disse...

De fato, o povo precisa entender a importância de uma doação! :)
Gostei muito do post... É mesmo preciso uma campanha nas escola e Universidades, afinal, a dor de alguns segundos não se compara a dor que uma pessoa necessitada de doação sente durante uma vida inteira \:
s2

Edu França disse...

Que luta bonita a sua, que lindo, bjs e boa sorte nessa luta quixotesca!

Tyciara Olvieira: disse...

Pois é, as pessoas deviam transformarem suas dores na alegria de outros. isso conforta, isso faz bem.

Muito legal, querida!

Grupo Saber Viver disse...

Acho que a melhor maneira é o exemplo, por isso já doei as minhas em vida!
http://gruposaberviver.blogspot.com/

Tiffany disse...

Oii, eu gostei muito do seu blog!! e por incrível que pareça minha tia já leu o seu livro e achou muito bom!

beijos!

Fabricio Sheik disse...

Pessoal, sou do RS e estamos juntamente com o hospital Pompéia de Bento Gonçalves organizando o movimento de concientização sobre doação de corneas.. realmente existe muita duvida por parte dos familiares e da população em geral desde o procedimento até como doar.. e isso soh pode ser feito pela familia.. vamos ajudar!!
"se vc pensa que ja viu tudo, então ajude os outros a verem tbm"