04 fevereiro 2009

Mais sobre o Corneal Cross Linking – CXL


O CXL foi iniciado pelo Dr. Theo Seiler em Dresden. 11 anos atrás, ele desenvolveu a metodologia que é agora aceita por todo o mundo. O procedimento está sendo amplamente utilizado na Europa e agora tem estudos mostrando, ao longo de um período de 8 anos, que foram poucos os casos de progressão continuada do ceratocone. O sentimento geral é de que agora sim, é que funciona. No entanto, ninguém pode dizer que é uma solução permanente, ou que não haverá efeitos colaterais inesperados nos próximos anos. Frequentemente, os efeitos colaterais não são encontrados até 30 ou 40 anos após um procedimento adotado.
Existem duas variações sobre este procedimento. "Epi-off" significa que a superfície frontal da córnea, o epitélio, é retirado antes do procedimento e "epi em" significa que é deixado intacto. Ainda existe controvérsia sobre qual o procedimento funciona melhor. Aqui um artigo descreve a diferença. (em inglês)
Para saber mais entre no link: http://www.cxlclub.lwvc.co.uk/
O texto é Inglês, mas o tradutor do Google pode ajudar a entender.
O que é o Cross Linking no post:

3 comentários:

Felipe disse...

É bem interessante. Estava tendo uma aula que me chamou a atenção hoje. Os cientistas fazem bem ao humanidade, mas sempre tem aquele individuo que estraga tudo não é? No caso dele, ele foi O CARA!

www.centralldamusica.blogspot.com

Dan disse...

ei, parabéns pelo blogg, de verdade!

Henrique Junqueira disse...

Olá Alice...Sua história é realmente emocionante...Muito interessante...Por isso eu te indiquei para o selo:Olha Que Blog Maneiro!Passa lah pra pegar seu prêmio,ok?Espero que esteja tudo bem com vc!

http://culturarock10.blogspot.com/

ABRAÇOS!!!