16 janeiro 2009

Esperança

O texto abaixo escrevi em 2005. Não sabia ainda do meu problema nos olhos.
Hoje lembrei dele.
É como se minha vida estivesse realmente em caixas e a cada dia uma nova é colocada ou descoberta.
Só se sabe a dimensão de ser uma transplantada quem o é. Quem leva consigo uma parte de alguém. Eu que levo apenas a córnea de quem já partiu e que revive em mim, alguém que nem sei quem é... percebo o fio desta ligação.
Fico a imaginar quem transplanta um coração, um órgão comum, mas que envolve tanta magia e mistério.

Eis o texto:

Meu sótão
Hoje fui ao sótão disposta a uma grande faxina.
Minha vida estava lá, guardada em pequenas caixas.
Algumas desbotadas, outras coloridas, umas mantinham-se perfeitas,
outras cobertas de teias e pó.
Sentei-me em meio a todas elas e, pouco a pouco, desfiz os nós.
Lembranças.
Saudade.
Dor.
Felicidade.
Em cada uma um sentimento. Uma emoção.
Em meio às lágrimas, busquei um sorriso p´ra aquecer meu coração.
Nada joguei fora, apenas abri vagarosamente a janela e deixei a luz entrar.
Esperança.
Uma nova caixa coloquei lá...

6 comentários:

Janine disse...

Poxa sua história de vida parece ser incrível mesmo! parabéns por literalmente ver a vida com outros olhos! lindo texto.

Clóvis sivolC disse...

É Alice... sabe nessas faxinas que fazemos sempre surgem lembranças , algumas boas outras ruins , essa semana mesmo fui arrumar minha gaveta , na qual guardo mtas coisas , e lá encontrei um conversa no papel com uma colega , sabe akelas conversas em sala de aula ? pois é.... E hoje em dia nem fala com ela ... deu vontade até de chorar.
abçs.

http://garotoproblematico.blogspot.com/

Ana Lucia Nicolau disse...

Você é uma pessoa maravilhosa que consegue fazer da esperança a realidade...parabéns!
desejo muita felicidade nessa "vida nova" a partir do transplante

Guilherme Santos disse...

o texto é otimo
parabens
bem escrito
sucesso com a nova cornea

Liipee disse...

como sempre eu passando em teu blog e comentando..
é um prazer estar aqui pesenciando o teu poema lindo lindo..
e não é texto, é um poema em que vejo e sinto-me perto das 'caixas'..
:)


abraço e viva a vida !

kbritovb disse...

Parabens pelo texto
E que vc seja mais feliz a cada dia que passa.