01 outubro 2008

Doação

.
Minha córnea
é doação abençoada
vida em nova morada
luz onde havia breu
é flor brotando da terra
é semente replantada
de um jardim que já morreu
é palavra a ganhar forma
colorido que se transforma
novo mundo que seduz
meus olhos tornam-se tela
vêem a vida da janela
pinturas, sombras e luz
e cada lágrima que brota
sabendo que ninguém nota
qual rio desaguando ao léu
refaço-me passo a passo
descubro em suaves traços
que meu doador é o pincel
(Alice Daniel)
Copyright© 2007. Todos os direitos reservados.

4 comentários:

LI-VERISSIMO disse...

Bom dia!

PARABÉNS pelo blog. Fiquei inteiramente sensibilizada com seus textos e os depoimentos...
Tudo o que eu li aqui, me fez parar e pansar em tornar-me uma doadora de orgãos.

Um beijo carinhoso.

Lissandra

30 e poucos anos. disse...

Muito legal o blog ... é sensibilizando a população que o aumento das doações podem acontecer

30 e poucos anos. disse...

Muito legal o blog sensibilar a população sobre assunto grave.

Jacqueline Bandeira disse...

Essa poesia é belíssima, expressa o sentimento de gratidão por receber um presente tão valioso, UMA NOVA CÓRNEA...