10 julho 2008


Há alguns anos atrás, foi realizada uma pesquisa com pacientes transplantados e descobriu-se que a maioria desconhecia o que era um transplante de córnea, o tipo de transplante que foi realizado e o que era rejeição, demonstrando uma deficiência na comunicação entre o médico e o paciente.

Os pesquisadores afirmaram que a grande parte dos pacientes não tinham entendimento suficiente sobre o tipo de doença corneana, procedimento cirúrgico ao qual foi submetido e os cuidados necessários no pós-operatório, embora estivessem satisfeitos com o resultado final.
“Definitivamente, os pacientes precisam de uma melhor informação prévia ao tratamento cirúrgico por parte da equipe médica. Eles devem receber palestras educativas, e a comunicação médico-paciente assim como o sistema de atendimento ambulatorial devem ser modificados, visando a uma melhora na qualidade de atendimento do paciente”, concluíram.
---------
Essa pesquisa foi há 5 anos e, pelo que observo nas Comunidades de Transplante de Córnea, a desinformação continua.
São poucos os que dominam o assunto e é assustador saber que alguns médicos não têm a preocupação de deixar o paciente a par de todos os procedimentos pré e pós cirúrgicos.
Eu tive a sorte de estar nas mãos de 2 excelentes profissionais que, com toda a paciência do mundo, tiravam (e ainda tiram) minhas dúvidas e medos.
E é com o apoio deles que consigo ajudar tantas pessoas que me procuram.
É um direito nosso perguntar. É uma obrigação do médico responder.

3 comentários:

Victor Moraes, disse...

é péssimo ficar sabendo desses dados de falta de informação; mas por outro lado você acaba de divulgar e contribuir para o conhecimento publicando tais informações em seu texto.
Achei muito tocante e util teu blog.
ganhou um fã!

Rodrigo - Linha de Chegada disse...

Falta de informação nos dias atuais é um absurdo.
Achei muito interessante seu blog e com certeza voltarei diversas vezes.
Continue com o seu excelente trabalho.

Newton Flamarion disse...

Boa, parabens pelo blog.